Updates +
Devido ao hiatus, não estamos moderando nem respondendo nenhum comentário, porém o blog continua aberto para visualização. Obrigada pela visita ♡

16 de setembro de 2013

Fanfic 10080 Tradução

Tumblr

[ATT: A segunda parte foi removida por acusação de plágio]

  Heey' :33 Bem, como a minha criatividade é uma coisinha complexa demais pra que eu possa desvendar e trabalhar em dois projetos ao mesmo tempo -porque sim, eu estou trabalhando em uma fanfic lol- eu decidi traduzir (logicamente com a permissão da autora original) uma das piores fanfics que eu já lí, fazem uns cinco ou seis dias que eu lí, e sinceramente? Eu nunca me senti pior -nem quando lí anterograde tomorrow- eu não posso parar de chorar, eu caí em depressão profunda e me afoguei na minha própria tristeza com essa porcaria; como eu acho que é muito injusto sofrer sozinha com as gringas, decidi que vocês também devem chorar u.ú É a melhor fanfic que eu já lí então eu espero que vocês também gostem.


Créditos: Postada no asian fanfics por EXObubz, (   )


Notas: Postada originalmente dia 7 de Setembro. O contador de palavras passou dos 6.000 (não que eu esteja reclamando afinal é uma OS) então talvez eu não consiga fazer tudo hoje, por esse motivo eu talvez separe em duas partes ^^ Eu posso alterar frases de acordo com o que eu acho que em português soa/fica melhor pra entender. porque traduzir tudo ao pé da letra fica... escrotinho -q 

ATT (25/02/14): Final alternativo disponível no perfil da escritora c: 

Notas originais (no fim do capítulo mas eu decidi por aqui porque sim u.u): Por favor não copie e poste, e reclame como seu. Isso me levou três dias. Eu permito propostas de tradução de texto. Não roube. Eu vou ficar triste. E vou chorar. E nunca mais voltar. Espero que você tenha aproveitado. /N/A: no caso que você aproveite ^^/ Ou não. LOL.

10080 - angst baekhyun chanyeol baekyeol chanbaek - main story image

  Chanyeol queria divórcio.
  Baekhyun pediu por uma semana.

"010101000110100001100001011011100110101100100000011110010110111101110101001000000110011001101111011100100010000001101100011011110111011001101001011011100110011100100000011011010110010100100000011001010111011001100101011011100010000001101001011001100010000001101001011101000010000001110111011000010111001100100000011010100111010101110011011101000010000001100110011011110111001000100000011000010010000001110111011001010110010101101011"


"Obrigado por me amar mesmo que somente por uma semana"

Capítulo 1 - 10080 (a tradução não foi betada :/ desculpem-me)


Seu tempo de namoro durou apenas sete meses. Sua felicidade foi medida na quantidade de risos que compartilhavam, as noites em que passaram presos um aos braços do outro, e a quantidade de amor que eles tinham um pelo outro. Breves beijos no campus da universidade eram suficientes visto que as noites os satisfaziam. Chanyeol levou duas semanas para descer de sua nuvem composta e reunir coragem para abordar o pequeno e animado moreno em uma de suas aulas, mas Baekhyun levou apenas um segundo para dizer sim ao que quer que fosse que o lindo garoto alto estivesse lhe pedindo.


Dentro de um mês, eles aprender sobre um ao outro. Baekhyun era um escritor se especializando em inglês e jornalismo, embora ele não tivesse nenhum plano no trabalho para alguma revista ou jornal. Ele preferia escrever novelas e ser sua própria pessoa independente. Chanyeol cursava marketing e negócios. Todos que os viam pensavam que eles eram um par improvável. Baekhyung tinha mente aberta e estava constantemente sorrindo, enquanto que Chanyeol sempre tinha o mesmo olhar em seu rosto, juntamente com um comportamento tranquilo. Suas diferenças eram profundas como seus cursos e suas personalidades. Baekhyun gostava de café com leite e açúcar e escrevia livros de situações impossíveis e fantasiosas. Chanyeol, na outra mão, gostava de seu café preto e preferia aspecto prático e realismo à fantasia. As pessoas acreditavam que a personalidade ultrajante e divertida de Baekhyun estava a vários cliques da coletada e racional de Chanyeol, mas eles estava errados.


Sete meses de absoluta perfeição, Chanyeol propôs¹, e seu pequeno moreno, Byun Baekhyu, disse sim.


______________________________________________________________________________






Eles esperaram alguns meses até prometerem amarem um ao outro até que a morte os separasse. Após suas graduações² e do seu casamento, eles encontraram um apartamento. Era pequeno, mas isso não os incomodou. Os toques de Baekhyun fizeram do apartamento um lar; um lar que Chanyeol aproveitava ao voltar para casa no fim de um duro dia de trabalho. Toda noite ele segurava a mão de Baekhyun e sussurrava promessas de uma casa maior, uma onde ele poderia decorar para um horizonte amplo. E toda noite, Baekhyun sorria para o peito nu de Chanyeol e o agradecia.


A ética e a personalidade encantadora de Chanyeol no trabalho o fizeram subir rapidamente na empresa. Assim sua renda aumentou, bem como sua conta bancária. Em uma noite, Chanyeol gentilmente puxou para longe de Baekhyun seu notebook e colocou-o em uma mesinha de café próxima a eles. Então ajoelhou-se a sua frente, pegando a mão do marido com a sua.


"Baek," ele começou lentamente, mantendo o olhar de Baekhyun em si, "Eu quero comprar para você aquela casa eu eu sempre estive prometendo comprar algum dia."


Com lábio trêmulos, Baekhyun acenou profusamente antes ofegante, envolvendo seus braços em torno do pescoço de seu marido enquanto o agradecia. Naquela noite eles se emaranharam um no outro, saboreando os toques e fazendo amor devagar e profundamente.


______________________________________________________________________________






A casa tinha para acomodar o que Chanyeol pensou que Baekhyun precisava para sua linha de trabalho: paz e serenidade. Eles encontraram um pequeno, porém perfeitamente calmo, imóvel em um bairro de classe superior afastado da cidade. Quando Chanyeol olhou para Baekhyun e perguntou "O que você acha?" ele já sabia a resposta.






"Eu amei, Yeol..."






Sorrindo, Chanyeol envolveu a mão de Baekhyun com a sua. "Então vamos compra-la"






Olhando para seu marido, Baekhyun lançou-lhe um olhar preocupado. "Mas é a uma hora do seu trabalho"






Chanyeol encolheu os ombros. "Se você amou, então não me importa o trajeto. São apenas sessenta minutos de ida e sessenta minutos de volta. Não é algo impossível para ir e voltar."






Depois de um momento, Baekhyun perguntou novamente se estava realmente tudo bem. Chanyeol acenou com a cabeça e logo após, os papéis foram assinados


______________________________________________________________________________






O acordo era para Chanyeol ir e vir do trabalho, mas como o tempo se arrastava, o trabalho começou a acumular e acumular, obrigando Chanyeol a fazer horas extras. Como o ciclo interminável continuava, ele achou difícil se deslocar diariamente. Ele muitas vezes se encontrava cansado e com os olhos embaçados durante a condução. Por causa disso, ele teve de beber mais cafeína antes de dirigir, o que o fez errar em seu trabalho e se tornar incapaz de dormir ao chegar em casa.


Baekhyun começou a se sentir culpado por estar aproveitando de uma vida tranquila, enquanto seu marido trabalhava duro para dar-lhe aquele estilo de vida. Pensando sobre outras alternativas, Baekhyun chegou a uma possível solução para o problema deles.


"Chanyeol, talvez você devesse comprar um apartamento na cidade," Baekhyun gentilmente sugeriu durante o jantar. Quando ele dirigiu o olhar para o marido, encontrou om olhos cansados o fitando de volta.


"Você quer que eu compre o que?" Chanyeol disse, soando como se ele estivesse em descrença.


Suspirando, Baekhyun deu-lhe um olhar preocupado "Eu não gosto mais de te ver dessa maneira, Yeol. Todos os dias você vai para o trabalho parecendo como um meio morto. Então você volta, você acaba parecendo pior. Você gasta duas horas apenas indo e voltando. Você poderia estar usando essas horas para dormir mais..."


De mau humor, Chanyeol esfregou o canto dos olhos. "Baek, eu estou bem"


"Não, você não está!" Baekhyun argumentou. "Ouça, um apartamento pode significar—"


"Eu disse, eu estou bem, Baek," Chanyeol repetiu de maneira brusca. "Pare de se preocupar, caramba."


Baekhyun irritou-se com a indiferença de Chanyeol, separando seus utensílios, levantou-se da mesa. "Bem, é errado me preocupar com você?" ele gritou em uma voz tensa.


Ao contrário de Baekhyun, Chanyeol manteve-se em seu lugar. "Baek, sente."


Com os punhos fechado Baekhyun encarou o marido. "Não. Chanyeol, você não está me ouvindo. Eu só quero te ajudar."


"Me ajudar" Chanyeol estalou. "Não, Baek. Para mim, ter você tentando me fazer aceitar a idéia de arrumar um lugar separado para viver faz parecer que você quer que eu vá embora." A falta de sono e o excesso de trabalho o fizeram mais irritado.


Surpreso, Baekhyun parecia chocado. "Não é isso que eu quero!"


"Mantenha sua voz baixa, Baek," Chanyeol rosnou. "Você está falando alto demais."


Frustrado, Baekhyun duramente puxou sua cadeira para perto. "Eu não quero que você vá! Você é um homem tão frustrante, mas dane-se, eu te amo! Por isso dói ver você adicionando mais duas horas de estresse somente para ir e vir para casa." Baekhyun mordeu os lábios. "Dói tanto, Yeol, mas você não vê isso porque no momento em que você chega em casa, você cai no sono. Você nem mesmo olha mais pra mim porque você está cansado desse jeito."


Por um momento, Baekhyun esperou por uma resposta, mas Chanyeol permaneceu estático. Então, ele disse "Você está sendo melodramático," ele murmurou


Baekhyun sentiu como se ele apenas estivesse falando sozinho. Era tão óbvio que Chanyeol estava fora de seu alcance. Seu marido se recusou a ouvi-lo e ainda teve a audácia de chama-lo de "melodramático", quando na verdade, ele estava apenas expressando suas preocupações. Tremendo, ele se virou e saiu da mesa, antes que Chanyeol pudesse ver as lágrimas que se formavam em seus olhos.
______________________________________________________________________________

Notas:
¹Propose /tr/ Propor, no caso Propôs. Quer dizer que Chanyeol pediu Baekhyun em casamento.

______________________________________________________________________________
  Primeiramente me desculpem pela pobreza de palavras hoje, eu estava tão cansada e fora que ao mesmo tempo em que escrevia isso eu arrumava o html do meu tumblr então -q Me desculpem, como recompensa na próxima vez eu posto tudo de uma vez só, inclusive o epílogo se eu conseguir permissão da autora pra traduzir pro português :3 (mas se ela não der autorização, cês se viram com a versão em espanhol mesmo u.u) Provavelmente sexta-feira ou sábado, eu posto o resto; provavelmente, então não tenham tantas esperanças.
  Eu não sei se essa fanfic vai fazer tanto sucesso quanto fez em outros países, por que os gostos variam de público em público. Anyway, eu realmente me apaixonei por cada palavrinha dessa one shot deprimente /sobs/ então, até semana que vem :33

PARTE 2

4 comentários:

  1. Essa fic é realmente muito boa, foi bem difícil de ler pois na metade dela eu já estava chorado, quando cheguei no epílogo já não consegui ler mais nada "Ainda pra ajudar a situação, só tocava música triste na minha playlist". Após terminar fiquei chorando por dias T_T
    Estarei acompanhando seu trabalho com a tradução... pra mim chorar de nv :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você le um fanfic triste e a sua playlist que te ama coloca só música de fossa ;-; eu chorei muito lendo essa fanfic até porque né, baekyeol <//3 esse couple apodreceu meu coração. Ah obrigado ^^

      Excluir
  2. Anônimo3/04/2014

    A parte dois não tá mais disponíveeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeel ;--------------------------;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Justamente por causa da acusação de plágio ^^ e se fomos acusados de plágio certamente existe uma outra tradução por aí c:

      Excluir